Diáconos

"Em grau inferior da hierarquia estão os Diáconos, aos quais foram impostas as mãos «não em ordem ao sacerdócio, mas ao ministério». Pois que, fortalecidos com a graça sacramental, servem o Povo de Deus em união com o Bispo e o seu Presbitério, no ministério da Liturgia, da Palavra e da Caridade. É próprio do Diácono, segundo determinação da competente autoridade, administrar solenemente o Batismo, guardar e distribuir a Eucaristia, assistir e abençoar o Matrimônio em nome da Igreja, levar o viático aos moribundos, ler aos fiéis a Sagrada Escritura, instruir e exortar o povo, presidir ao culto e à oração dos fiéis, administrar os sacramentais, dirigir os ritos do funeral e da sepultura (Constituição Dogmática Lumen Gentium 29)

 

No dia 28 de abril de 2006, a Diocese de Patos ordenou os seus primeiros Diáconos Permanentes: sete homens, seis casados e um solteiro, equilibrados, de oração e boa reputação. Dois destes: ROBERTO e ROSSINI, residentes em nossa Paróquia, membros das comunidades de São Francisco e Nossa Senhora Aparecida, respectivamente. Ambos foram recebidos e homenageados quando participaram da celebração do Domingo nas suas respectivas comunidades, acolhidos juntamente com suas famílias com muita alegria, flores, faixa, mensagens e felicitações. Para a bênção final, Pe. Erivaldo Alves, que presidiu ambas as celebrações, convidou os fiéis para receberem a primeira bênção que os neo-diáconos concederiam ao povo. Durante a celebração, Pe. Erivaldo destacou a importância do ministério diaconal para a vida da Igreja no serviço aos pobres.  Agradeceu a Roberto e a Rossini pela dedicação aos trabalhos pastorais na Paróquia de Santo Antônio.

 

DIÁCONO ROSSINI

- Rossini Cesarino Peixoto, pedagogo, nasceu no dia 02/06/1967 em Santa Luzia-PB, filho de Manoel José de Albuquerque Peixoto e Maria José Cesarino Peixoto. Seus irmãos são: Ricardo, César, Flávio, Auricélia, Rossana, Fernanda, Valentina, José (irmão gêmeo, in memorian) e Renan.

- Foi batizado em Santa Luzia-PB pelo Pe. Jaime Goppelaars no dia 13/12/1967, sendo seus padrinhos Hipólito Medeiros e Maria Teresa Oliveira. Recebeu o Sacramento da Crisma em 26/10/1980 sendo seu padrinho Luiz Gomes da Silva.

- Casou-se com Maria de Fátima da Costa Cabral Peixoto em 14/11/1996 (Civil) e 14/12/1996 na Igreja Nossa Senhora de Aparecida (Patos-PB). Seu casamento aconteceu numa Celebração Eucarística na qual estiveram presentes os Padres Elias Ramalho, Paulo Jackson;  Pedro Custódio e Albertino Barreiro, bem como os então seminaristas: Alex Alexandre, Flávio Mamede e Evandro Romero.

- Seu filho se chama João Paulo Cabral Peixoto.

- Sua definição sobre o Diaconado:

Diaconado é o primeiro grau do Sacramento da Ordem.  As mãos lhes são impostas para o ministério e não para o sacerdócio. Com a ordenação o Diácono deixa sua condição de Leigo e passa a fazer parte do Clero. Esse Sacramento imprime caráter, que o faz Diácono por toda a eternidade. Não há como retroceder.

O Diaconato foi instituído pelos apóstolos. Podemos ver em Atos 6,1-6 a imposição de mãos sobre os primeiros sete Diáconos: Filipe, Prócoro, Nicanor, Tímon, Pármenas, Nicolau e Estêvão que foi o primeiro mártir (Atos 6,8-7,60).

- “Seu” texto do Evangelho:  Mt 28,16-20 “Os onze discípulos voltaram à Galileia, à montanha que Jesus lhes tinha indicado. Quando o viram, prostraram-se; mas alguns tiveram dúvida. Jesus se aproximou deles e disse: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos”.

 

DIÁCONO ROBERTO

- Roberto Rodrigues dos Santos, representante comercial, nasceu em Patos-PB no dia 17/04/1954, filho de José Martins dos Santos e Maria da Conceição Rodrigues dos Santos. Seus irmãos são Rogilberto, Rogerio, Robson, Romerio, Rocivaldo, Romualdo, José Martins Filho, Maria de Fatima, Marilene, e Maria Girlene.

- Casou-se com Maria de Fatima Cavalcante dos Santos no dia 05/05/1977na Igreja de Santo Antônio (Patos-PB). Seu casamento foi assistido pelo Cônego João Noronha.

- Seus filhos são: Fabiola, Roberta, Fabricia e Paulo Ricardo. Seus netos chamam-se Julia, Natan e Maria Airla.

- Breves palavras sobre sua vocação:

Desde muito jovem sentia o chamado para o ministério. Quando chegava da catequese se vestia de padre e ia com o livrinho do catecismo imitar o padre celebrando a Missa para os irmãos e amigos. Com o passar do tempo se envolveu com outras coisas e esqueceu essa vocação. Depois de casado surgiu o chamado para o Diaconado e novamente se acendeu essa chama que foi “agarrada” com muito amor e dedicação.

- Atuação na Paróquia e Diocese: Pastoral Familiar, Pastoral do Batismo, Conselho Econômico e Pastoral.

- “Sua” frase do Evangelho: Marcos 16,15 “Ide pelo mundo e pregai o Evangelho”.

DÍZIMO É PARTILHA

capela virtual

parceiros